segunda-feira, maio 13

Branco mais branco...

Estou a entrar num ciclo perigoso de insanidade. A sério. Começo a ficar assustada.

Ontem, estava eu nos meus afazeres, a navegar por este mundo fora, quando me deparei com uma lista de coisas aparentemente espectaculares, capazes de mudar a minha vida! Claro que com uma venda desta categoria, cliquei no artigo em questão e lá fui ver afinal que lista era essa.

Tudo começou assim. E acabou em cerca de hora e meia a ver dicas e dicas (e dicas) de limpeza, arrumação e decoração de interiores. Se isto é normal? Não. Claro que não! Com todo um MUNDO que compõe o cenário virtual...eis que eu fico limitada a uma selecção digna das revistas dos anos 60.

É assim a vida de quem é forçada a partilhar o seu espaço com dois exemplares do género masculino. Querendo ou não, é inevitável uma certa mutação. A pouco e pouco, sinto que me estou a transformar na minha avó. Numa espécie de "nazi da limpeza" - quando já não bastava ser uma autêntica "nazi da gramática" -, extremamente interessada em diferentes formas de organizar enlatados, enfrascados e empacotados desta vida. Capaz de matar por um chão livre de cotão. Fascinada com o aparente poder do vinagre no que diz respeito à limpeza e desinfecção - poder esse que ainda não tive a oportunidade de testar, mas acerca do qual prometo deixar um feedback (!). E porque não? Talvez transforme este blogue num espaço dedicado aos afazeres domésticos do dia-a-dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email